sábado, 21 de março de 2009

Foragida do Verão Brasileiro - O Inverno Canadense

Eu sou da praia. Na minha religião, meu Deus é o Sol. Amo ficar horas deitada, tostando, deixando a pele da cor do pecado. Quero um dia poder viver só no verão: morar de novembro à abril no Brasil, e de maio à outubro na Europa ou em algum lugar da América do Norte. Mas, mesmo assim, deixei o nosso país em plena ressaca do carnaval e subi em direção ao polo norte - calma, não cheguei tão longe. O destino foi Toronto, no Canadá, que no inverno chega a atingir temperaturas baixíssimas, negativíssimas. -30ºC. MENOS 30 graus Celsious. 30 graus ABAIXO DE ZERO! Em março a temperatura começa a aumentar um pouco, e quando atinge 10º positivos os canadenses ficam felizes da vida e saem de regata e bermuda pra comemorar.
Eu não sabia se meus casacos mais grossos seriam o suficiente. E admito que me bateu um certo pânico quando meu voo pousou no Pearson Airport de Toronto e o capitão anunciou: "-Welcome to Toronto. The weather is a little chilli today. Minus 30 degrees celsious". Perguntei para o senhor do meu lado: "Did he say 'thirty' or 'thirteen'?". E ele me confirmou o que eu esperava mas não queria acreditar: menos trinta graus celsious. Oh my God.
Não foi fácil andar na rua, as extremidades do meu corpo anestesiadas e a ponto de perder os sentidos. Mesmo assim, fiz o que pude para apresentar um pouco da cidade para vocês. Toronto é uma das cidades grandes eu mais gosto do mundo. E tem seu charme especial no inverno: patinação no gelo, hockey ao ar livre, aquecedores de última geração em todos estabelecimentos. E a neve, claro. A cidade inteira branquinha, os narizes todos vermelhinhos. Gostei. Mas assim que voltei para o Brasil, fui para a piscina reestabelecer minha relação com o Sol. Do jeito que tem que ser: quente.


Um comentário:

  1. Parabéns! Fica nítido neste vídeo a melhora da edição, trabalhando mais próximo de profissional.

    ResponderExcluir